07 dez 2017

O preço da cesta básica cai

Postado por admin em Sem categoria Nenhum comentário

O custo da cesta básica em novembro diminuiu em 17 das 21 capitais pesquisadas pelo Dieese. As principais quedas foram apuradas no Rio de Janeiro (-3,25%), em Belém (-2,26%) e em Brasília (-2,12%). As exceções são de cidades nordestinas: Aracaju (0,21%), Maceió (0,44%), Recife (0,58%) e Natal (0,96%). No ano e em 12 meses, o valor cai em todas.

Segundo o instituto, as cestas mais caras foram as de Porto Alegre (R$ 444,16) São Paulo (R$ 423,23) e Florianópolis (R$ 415), enquanto os menores valores médios foram registrados em Salvador (R$ 315,98), João Pessoa (R$ 324,90) e Recife (R$ 327,85). Com base na mais cara, o Dieese calculou em R$ 3.791,39 o salário mínimo necessário para as despesas básicas de um trabalhador e sua família – 3,98 vezes o valor oficial (R$ 937). Essa proporção era de 4,01 vezes em outubro e 4,48 em novembro do ano passado.

Em novembro, o tempo médio necessário para adquirir os produtos da cesta básica foi de 85 horas e 58 minutos, menos do que em outubro (86 horas e 51 minutos) e novembro de 2016 (100 horas e 56 minutos).

De acordo com o Dieese, entre outubro e novembro, houve predominância de queda nos preços de banana (17 capitais), açúcar (16), tomate e feijão (15 nos dois produtos). A batata, na região Centro-Sul, subiu em nove das 11 cidades pesquisadas.

Fonte: Rede Brasil Atual
Pesquisa eseleção de Marko Ajdaric

Deixe um comentário Nome, Email e mensagem são necessários